Girlene Lima Portela | LinkedIn Acompanhe no Twitter Curta no Facebook Visualize no Flickr Assista no YouTube
 Artigos
1 2 3 4 5 6 7 Próxima >>

Pesquisa quantitativa ou qualitativa: resenha

08/06/2013 - Dannyel Santos Neves

Ao iniciar o processo de pesquisa têm-se duas alternativas, a pesquisa quantitativa e a qualitativa, suas essências não se sobrepõe, mas sim se complementam, e é sobre suas características que a produção textual “Pesquisa quantitativa ou qualitativa? Eis a questão” da Professora Doutora Girlene Lima Portela[1] trata, utilizando seus conhecimentos prévios e aliando-os às opiniões de estudiosos como Granger, Goldenberg e Deslauriers.

 A partir da leitura da obra pode-se perceber a distinção entre os dois tipos de pesquisa. A qualitativa estimula o público alvo a pensar, falar e até mesmo interagir livremente no tema, tem caráter mais subjetivo e espontâneo, não havendo “preocupação” com os resultados; a execução é feita a partir de entrevistas de uma amostra relativamente pequena, estas entrevistas são registradas por meio de gravações que podem ser de áudio e/ou vídeo, e os resultados são obtidos através da observação direta, bem como do estudo da entrevista; no entanto esse processo pode gerar uma relativização e subjetividade dos resultados, além da falta de clareza do processo de conclusão de dados. Já a pesquisa quantitativa tende a ser mais objetiva e possibilita resultados precisos, estimativa e previsão futura para a população representada; sua realização demanda uma amostra e um questionário claro e objetivo, a entrevista leva critérios anteriormente definidos, por serem mais exatas, apresentam conclusões, tabelas e gráficos.

 Ao fim da leitura do artigo em questão pode-se concluir que a integração e interação entre os dois tipos de pesquisa são a chave para um estudo completo das situações, uma vez que a objetividade da pesquisa quantitativa, aliada à subjetividade e à relativização da qualitativa levam a uma conclusão mais justa e precisa, ou seja, o cruzamento de dados, a explicitação dos passos da pesquisa e a prevenção da interferência da subjetividade do autor constituem uma forma eficaz de produção de pesquisas. Pelas informações expostas e pelo conteúdo a leitura da obra é indicada para pesquisadores e para estudantes de uma forma geral, visto que a pesquisa está presente em todas as áreas de conhecimento, sendo útil e tendo papel decisivo em suas atribuições. Deve-se levar também em consideração também a credibilidade da autora do artigo, uma vez que esta é Graduada em Letra pela UEFS, Mestre em Lingüística pela UNICAMP e PhD em Educação pela Universidade de Sherbrooke, além de desenvolver pesquisas em literatura, de ser líder do grupo de pesquisa GEALM, e orienta pesquisas na área de Educação e Letras, dente outros cargos que a fazem ter crédito no referente artigo.

 


[1] Eu, Dannyel Santos Neves, estudante do curso de Literatura em Matemática, autorizo a Professora Doutora Girlene Lima Portela a utilizar esta resenha crítica em seu site, ou qualquer outro meio de comunicação. Fico lisonjeado pela confiança e pelos elogios ao mesmo.

 

Deixe seu comentário
Visual CAPTCHA
 
 

LINGUAGENS

  • Lições de francês

    Relata a história paralela de três professores de francês e seus três al...

    CONTINUE LENDO
  • Adorável Professor

    Filme excelente sobre as fraquezas e fortalezas de alguém que se lança na arte de e...

    CONTINUE LENDO
Interaja Conosco
 
Homenagem dos Estudantes de Matemática

Homenagem, Matemática, UEFS, Girlene Portela

Um momento emocionante, que faz com que acreditemos que, apesar de tudo, AINDA vale muito a pena ser professor!

Álbuns
® Girlene Portela - 2018. Todos os direitos reservados. Bahia - Brasil Desenvolvido por Otavio Nascimento