Girlene Lima Portela | LinkedIn Acompanhe no Twitter Curta no Facebook Visualize no Flickr Assista no YouTube
 Artigos
1 2 3 4 5 6 7 Próxima >>

Resenha do texto "Pesquisa quantitativa ou qualitativa: eis a questão"

08/06/2013 - Bruna Almeida Freitas

PORTELA, Girlene. Pesquisa quantitativa ou qualitativa? Eis a questão! In: www2.uefs.br:8081/girlene/verArtigo.php?idArtigo=18. Acesso em: 18/03/2013.                                                                                                Bruna Almeida FREITAS [1]  

O artigo trata dos principais enfoques relativos às metodologias de pesquisa qualitativa e quantitativa. Discorrendo sobre suas particularidades, o trabalho busca explorar e ganhar uma compreensão relevante sobre estas técnicas. Por fim, a articulista estabelece a correlação de ambas na produção e realização de projetos.

Estruturado em tópicos, o texto inicia com uma breve consideração acerca dos moldes de análise que serão abordados. Em seguida, a autora delineia as principais propriedades da pesquisa qualitativa, bem como a problemática da questão, os procedimentos que envolvem o estudo e as técnicas de coleta de dados. Neste ponto, Portela (2011) enfatiza o modelo qualitativo como sendo de natureza abrangente, pois compreende abordagens variadas. O estudo não se prende a métricas e as experiências são realizadas em ambientes naturais, por meio de discussões abertas e observação dos participantes, no entanto, para o investigador o rumo da pesquisa se torna imprevisível.

No tópico que segue, encontram-se descritas as principais características desta configuração de análise, que tem por objetivo abordar de forma interpretativa e descritiva a realidade de determinado fenômeno, bem como compreendê-lo e buscar explicações para tal. No entanto, a articulista aponta limites e riscos na averiguação, em virtude das possibilidades de adaptação e espontaneidade do investigador na interpretação dos dados.

Posteriormente são feitas considerações acerca da metodologia quantitativa, que tem como finalidade a abordagem numérica e estatística de informações e por limite a possibilidade de uma determinação prévia de resultados. Assim, após apresentação dos moldes, Portela (2011) conclui o trabalho estabelecendo a utilização concomitante entre estes, a fim de garantir a fidedignidade na interpretação das questões em análise.

Embora os métodos qualitativo e quantitativo apresentem abordagens díspares, um não se torna superior ao outro, uma vez que ambos contêm vantagens e desvantagens. Pode-se então argumentar a não existência, em meio a estas, de uma forma que se sobreponha e a excessiva valorização de apenas uma prática pode limitar o avanço dos trabalhos.

Levando em consideração as propriedades das abordagens, devemos ponderar pontos fortes e fracos para adequação de sua utilização em investigações. Tais pontos variam de acordo com o tema que será discutido, portanto o pesquisador deve proceder a um exame minucioso do objeto de estudo, compreendendo suas limitações para que possa valer-se dos atributos favoráveis de cada um. Enquanto a metodologia qualitativa utiliza-se de sua identificação crítica e descreve a complexidade dos fenômenos, a pesquisa quantitativa testa estatisticamente hipóteses, sendo assim, a combinação de ambas gera resultados mais completos.

Diante do exposto, podemos inferir que os procedimentos qualitativo e quantitativo não são reciprocamente excludentes, deste modo a utilização em conjunto contribui para criar um balanceamento imprescindível, fornecendo o potencial necessário ao desenvolvimento de investigações.

Recomenda-se o artigo a leitores acadêmicos, em virtude de sua proposta ampliadora de conhecimentos sobre as metodologias expostas. O estudo deste trabalho traz considerações que produzem uma compreensão rica e abrangente, essenciais para realização de pesquisas científicas.

         


[1] Graduanda do Curso de Licenciatura em Matemática (UEFS).

Deixe seu comentário
Visual CAPTCHA
 
 

LINGUAGENS

  • O Clube do Filme (David Gilmour)

    Um crítico de cinema utiliza dos seus conhecimentos sobre o tema para, através de f...

    CONTINUE LENDO
  • As Memórias do Livro (Geraldine Brooks)

    Conta a saga dos religiosos que teimam em professarem sua fé e tem como pano de fundo a di...

    CONTINUE LENDO
Interaja Conosco
 
Me formando

Curso Superior, Parodia, Intertextualidade

Uma paródia sobre o curso universitário, utilizado por um dos grupos de minha turma de língua VI, ao tratar da Intertextualidade. Muito legal!

Álbuns
® Girlene Portela - 2018. Todos os direitos reservados. Bahia - Brasil Desenvolvido por Otavio Nascimento